terça-feira, setembro 29

“STF é um partido político na vida real”, afirma Jornalista J. R. Guzzo

Na vida real, o Supremo atua como agremiação partidária. Persegue os amigos do governo e protege os seus inimigos, diz J.R Guzzo em sua reportagem da revista Oeste.

O Supremo Tribunal Federal do Brasil é hoje um partido político. Abandonou, já há um bom tempo, as aparências de uma corte de justiça e, no momento, funciona praticamente em tempo integral como um escritório de despachantes que se dedica a servir os interesses ideológicos.

LEIA MAIS: Ministro Heleno responde rápido às calúnias de Barroso: Não adianta uma parte do país querer derrubar o presidente !

Ou seja o STF acusou Moro de parcialidade em julgamento de 2008 e anulou sua sentença.

Além disso O STF fará o mesmo no caso do triplex, para colocar Lula na disputa contra Bolsonaro em 2022.

Será inútil.

Bolsonaro derrotará Lula facilmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.