sábado, novembro 28

Estudo de Oxford diz que imunidade da Covid-19 dura seis meses

De acordo com uma pesquisa divulgada pela universidade Oxford, apresentada nesta sexta-feira (20), as pessoas contaminadas pelo SARS-Cov-2 têm poucas chances de contrair a doença nos seis meses seguintes.

O estudo, que ainda não foi disponibilizado para outros cientistas, é baseado em uma pesquisa realizada entre abril e novembro de 2020 com 12.180 profissionais da saúde que atuam nos hosptitais universitários de Oxford. As equipes foram regularmente testadas para determinar se tinham desenvolvido anticorpos ou pego a Covid-19.

No total, 1.246 profissionais que participaram do estudo tinham anticorpos e nenhum deles desenvolveu uma nova infecção com sintomas. Três deles tinham anticorpos e testaram positivos para a Covid-19, mas sem apresentar sintomas.

Mais de 53 milhões de casos foram oficialmente diagnosticados no mundo desde o início da epidemia, sendo que mais de 36 milhões são consideradas curadas. Poucos casos de pessoas contaminadas duas vezes foram registrados. Os pesquisadores vão continuar a pesquisa com o mesmo grupo para avaliar “quanto tempo dura a proteção e se uma primeira infecção anterior evita uma doença grave caso haja uma nova contaminação”, explicou.

Anticorpos de outras doenças previnem Covid-19?

Um outro estudo britânico, realizado pelo Imperial College de Londres e o Instituto Ipsos Moris, publicado no mês passado, mostrou que a imunidade adquirida pelas pessoas curadas após um contágio diminui rapidamente, principalmente em casos assintomáticos.

Os pesquisadores também estudam a possibilidade de anticorpos gerados por ourtras infecções protegerem, de maneira parcial ou total, de uma eventual contaminação. Isso explicaria porque muitas pessoas, no contato próximo com doentes, não se contaminam.

 

Com RFI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.