China ameaça retaliar o Brasil no caso de veto à Huawei



A nota ameaça retaliar o Brasil. A nota não cita a Huawei, mas é a Huawei quem pressiona pelo uso brasileiro da sua tecnologia 5G. A Huawei foi citada como braço da espionagem dos comunistas.

 

A Embaixada da China publicou nota inaceitável na noite de ontem,  criticando publicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que levantou suspeita de “espionagem” do país asiático na questão da tecnologia 5G, futuro padrão da telefonia móvel a ser adotado no Brasil.Eduardo afirmou que o Brasil apoia projeto comandado pelos Estados Unidos e “se afasta” da tecnologia chinesa. Depois, o congressista excluiu o tweet:

– O governo @JairBolsonaro declarou apoio à aliança Clean Network, lançada pelo [email protected], criando uma aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”,

O deputado, mais tarde, retirou a postagem.

O texto do governo chinês lembra das transações comerciais entre os dois países, que representa 35,5% de todas as exportações do Brasil.


Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Leave a Reply

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.