ABI (Associação Brasileira de Imprensa) entra com pedido de Impeachment de Pazuello



A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) entrou com um pedido de impeachment contra o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. A entidade alega que ele cometeu crime de responsabilidade e por isso não deve seguir na função pública.

O pedido de impeachment foi encaminhado para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e acusa Pazuello de cometer “práticas delituosas, que afrontam a Constituição Federal, em especial o artigo 196, que afirma ser a Saúde direito de todos e dever do Estado”.



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

A ABI criticou Pazuello ser “complacente quanto ao uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19, tais como a hidroxicloroquina, a cloroquina, a ivermectina e azitromicina”. E também abordou a gestão do Ministro sobre vacinas contra covid-19.

“O Ministro Eduardo Pazuello dá repetidas demonstrações de incompetência, ineficiência e incapacidade para desempenhar as tarefas de seu cargo. Não só não providenciou as imprescindíveis vacinas, como negligenciou até mesmo a aquisição de simples seringas para aplicá-las”, criticou a agência em comunicado.

Ainda sobre vacinas, a ABI afirmou no pedido de impeachment que Pazuello criou “obstáculos para a utilização da Coronavac, por motivos ideológicos”. A CoronaVac é produzida pelo Instituto Butantan, do estado de São Paulo, em parceria com o laboratório chinês SinoVac.

A ABI citou o presidente Jair Bolsonaro em comunicado, afirmando que a postura dele, que minimiza a gravidade da pandemia, não pode servir como escudo para Pazuello.

“Ainda que seu superior hierárquico, o presidente da República, inegavelmente tenha enorme responsabilidade nos desmandos, o ministro não pode escudar-se nesse fato para se abster de tomar as providências básicas que a função requer. É inaceitável a justificativa apresentada por Pazuello para não cumprir obrigações básicas. Ao afirmar que ‘um manda, o outro obedece’, o ministro lava as mãos e abdica de suas obrigações como ministro”, analisou a ABI.

Agora o pedido pode ser analisado pelo presidente da Câmara dos Deputados, que atualmente é Rodrigo Maia (DEM). O objetivo final da ABI, além de tirar Pazuello do cargo, é deixá-lo afastado por até cinco anos para o exercício de qualquer função pública.

UOL


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.