FBI revistou os 25 mil membros da Guarda Nacional. A agência teme ataque interno contra Biden.



Oficiais da Defesa norte-americana dizem estar preocupados quanto a um possível ataque interno ou outra ameaça envolvendo membros da segurança do presidente eleito Joe Biden.

A informação é da agência de notícias russa Sputnik.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

Saiba mais:

Devido a esta preocupação, o Departamento Federal de Investigação (FBI, na sigla em inglês) revistou todos os 25.000 militares da Guarda Nacional destacados para o evento em Washington, segundo a agência de notícias AP.

O secretário do Exército dos EUA, Ryan McCarthy, afirmou à AP que os oficiais estão cientes de uma possível ameaça, e alertaram os comandantes “para estarem atentos a qualquer problema em suas posições” durante a cerimônia de posse. Os oficiais do Pentágono afirmam ter conduzido a revista, porém nenhuma ameaça foi identificada.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.