Barroso libera Chico “Cueca” Rodrigues para voltar ao Senado



Magistrado autorizou, dessa forma, que congressista flagrado com dinheiro na cueca volte a exercer mandato na Casa Legislativa.

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), não prorrogou, nesta quarta-feira (17), o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro na cueca. Dessa forma, o magistrado autorizou que o congressista volte a exercer o cargo.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

Barroso manteve, no entanto, o afastamento de Rodrigues da comissão que discute destinação de valores para o combate à pandemia da covid-19.

Rodrigues, na época vice-líder do governo no Senado, foi alvo de operação da PF (Polícia Federal) em 14 de outubro de 2020. O senador foi flagrado com dinheiro na cueca durante a abordagem dos policiais em Boa Vista (RR).

A investigação, sob sigilo, apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19, oriundos de emendas parlamentares. A ordem de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro Barroso, que determinou também o afastamento, por 90 dias, do parlamentar.

R7


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.