Doria prepara restrições mais severas nesta quarta e pode incluir toque de recolher



O Centro de Contingência da covid-19 em São Paulo antecipou ontem que o governo paulista anunciará novas restrições recomendadas pelo comitê para tentar conter a disseminação do coronavírus no estado.

O governo tucano deve impor novas limitações de mobilidade e ao funcionamento de estabelecimentos em algumas regiões, com possíveis reclassificações para bandeiras mais restritivas ou adoção de medidas até mais severas que as descritas na fase vermelha, a mais rígida.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

Segundo uma fonte próxima ao Palácio dos Bandeirantes ao Radar, poderá haver toque de recolher a partir das 23h até às 6h do dia seguinte. Seria uma das medidas mais duras em toda a pandemia.

“O centro de contingência apresentou hoje ao governo, ao governador, algumas recomendações, são recomendações extraordinárias, recomendações além daquilo que está previsto no Plano São Paulo. O governo está fazendo a análise dessas recomendações, preparando os atos do ponto de vista jurídico e essas medidas serão anunciadas na quarta-feira para começarem a estar em vigor na sexta-feira”, disse o coordenador executivo do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo, João Gabbardo.

Gabbardo disse ainda que o número de pessoas internadas tem se mantido alta, mas sem variação.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.