Empresas que roubaram os cofres públicos e identificadas pela Lava Jato, já aceitaram devolver R$ 14,5 bilhões



Estes valores bilionários são apenas parte do dinheiro da corrupção que empresários, sobretudo empreiteiros, roubaram em conjunto com políticos, quase tudo da Petrobrás, durante os governos Dilma e Lula, do PT. Exclusivamente durante os 13 anos dos governos lulopetistas. Foi o maior assalto aos cofres públicos já registrado em qualquer lugar do mundo, desvendado e desmontado pela Lava Jato, sob a batuta do então juiz federal Sérgio Moro.
De acordo com a CGU, conforme informação liberada hoje pelo site Poder360, os 13 acordos de leniência no Brasil, baseados na Lei Anticorrupção, de 2013 e tudo como consequência das operações da Lava Jato.

As empresas envolvidas se comprometeram a ressarcir os cofres públicos em R$ 14,5 bilhões, dos quais R$ 4 bilhões já foram pagos efetivamente.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

A CGU informou que há outros 26 acordos em negociação, mas não adiantou valores que podem ser recebidos.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.