Bolsonaro posta vídeo de protesto perto da casa do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB)



 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) postou no Facebook neste domingo (28.fev) vídeo de um protesto realizado perto da casa do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), contra o lockdown iniciado nesta madrugada.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

O ato foi realizado neste domingo e convocado por empresários da região.

Na postagem, Bolsonaro repete a frase dita pelos manifestantes: “Queremos trabalhar” (assista abaixo).

Mais cedo, o presidente voltou a criticar as medidas restritivas adotadas por governadores para conter o avanço no número de casos da covid-19. O presidente apresentou como referência o recorte de uma reportagem publicada em 2015, na qual aponta uma deficiência de leitos nas Unidades de Terapia Intensivas (UTI) em Goiás: “A saúde no Brasil sempre teve seus problemas. A falta de UTIs era um deles e certamente um dos piores”.

Bolsonaro vem criticando duramente o isolamento social e os governadores que endureceram as medidas. Na manhã deste domingo (28.mar), o presidente compartilhou um vídeo no Twitter no qual mostra uma empresária criticando as novas regras de fechamento do comércio definidas pelo governador do Distrito Federal.

Na última sexta-feira (26.fev), em um evento em Caucaia (CE), Bolsonaro chegou a afirmar que as medidas de isolamento social são “politicalha”.

“Essa politicalha do ‘fique em casa, a economia a gente vê depois’ não deu certo e não vai dar certo. Não podemos dissociar a questão do vírus e do desemprego”

Em seu tuíte, Bolsonaro voltou a sinalizar que se fecharem o comércio e obrigarem as pessoas a ficarem em casa, o Brasil verá o “desemprego em massa”.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.