Em programa ao vivo, Drauzio Varella classifica comportamento de Bolsonaro como criminoso



Em entrevista concedida à GloboNews na noite desta última sexta-feira (26), o Dr. Drauzio Varella não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro, que mais cedo esteve no Ceará, onde provocou aglomerações, não usou máscara e desrespeitou normas contra o contágio do novo vírus. De forma bastante incisiva, o médico classificou o comportamento do presidente da República como sendo criminoso.

“Morrem 1.500 pessoas ontem, hoje o presidente da República sai sem máscara e provoca aglomeração” — declarou o profissional de saúde, referindo-se a tragédia ocorrida na última quinta (25), dia mais mortífero da pandemia.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

“Como a gente classifica um comportamento desse? Você vai dizer: ‘é um mau comportamento’. Não, mau comportamento é outra coisa, todos nós temos maus comportamentos às vezes. Isso é um crime, eu não consigo encontrar outra palavra para definir esse tipo de atitude” — disparou ainda o médico.

Drauzio Varella ainda responsabilizou o presidente brasileiro pelo momento crítico que o país vive e o chamou de “demagogo”.

“Qual o interesse desses demagogos todos? Eles pensam assim: está todo mundo cansado de ficar em casa, eu vou dizer que pode sair, que para com essa besteira de epidemia, não é assim também, não pega assim desse jeito, o vírus não é uma doença grave, se você pegar e tomar cloroquina tudo bem, você vai ficar bem, não vai acontecer nada com você. Percebe? Estão enganando a população, são demagogos, eles fazem isso porque acham que vão colher dividendos políticos para eles” — pontuou.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.