GM alega falta de peças e desde ontem parou tudo em Gravataí. Férias coletivas durarão 20 dias.



A fábrica de São José dos Campos também parou.

Desde ontem a GM de Gravataí está paralisada.

São férias coletivas.

Todos os sistemistas também dispensaram seus trabalhadores pelo período de 20 dias.

A montadora alega falta de peças, sobretudo componentes eletrrônicos.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.