Governo de SP deve adotar fase vermelha por 15 dias



Todo o estado deve ser classificado na fase vermelha do Plano São Paulo de combate à pandemia a partir de sexta-feira (5). A medida é uma resposta ao aumento do número de casos, internações e mortes por covid-19. A expectativa é que anúncio aconteça na entrevista do governo paulista marcada para as 12h45 desta quarta-feira (3). Os detalhes estão sendo discutidos pela cúpula do governo estadual e por membros do Centro de Contingência contra o Coronavírus nesta terça-feira (2).

 


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

Nesta terça, o secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, chegou a afirmar que é favorável à suspensão das aulas presenciais por conta do agravamento da pandemia de covid-19. Ele argumenta que manter escolas abertas implica em uma série de deslocamentos fora dos colégios que contribuem com a propagação do vírus.

Por outro lado, o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) emitiu nota, também nesta terça, criticando o que chamou de “defesa da suspensão das atividades presenciais de todos os níveis da educação do país”. A manifestação da entidade ocorreu um dia após o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) pedir a suspensão do funcionamento das escolas, entre outras medidas, para conter o avanço da pandemia no Brasil.

UTIs lotadas

Pelo menos quatro grandes hospitais privados da capital paulista – Einstein, Oswaldo Cruz, BP e São Camilo, afirmam que atingiram nos últimos dias 100% de ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para internados com covid-19. Com isso, já trabalham na abertura de novos leitos.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.