CONFIRMADO: Novo pagamento do auxílio emergencial na sexta-feira (09)



Após pagar a primeira parcela do auxílio emergencial aos nascidos em janeiro na última terça-feira, 06 de abril, a Caixa confirmou que vai realizar mais um pagamento do benefício nesta semana. Desta vez, receberão o pagamento do benefício os nascidos no mês de fevereiro. Os saques dos depósitos feitos em abril estarão disponíveis no mês de maio.

De acordo com informações do Ministério da Cidadania e a Caixa, os valores vão variar de R$150 a R$375, de acordo com o perfil do cidadão. A consulta para saber quem está apto já está liberada desde o dia 02 de abril.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

Veja o calendário de depósitos do auxílio emergencial 2021 desta semana

  • 06 de abril: Nascidos em janeiro – Pagamento já realizado
  • 09 de abril: Nascidos em fevereiro – Próximo pagamento

Segundo dados governamentais, estima-se que o auxílio emergencial deste ano seja pago para 45 milhões de trabalhadores. O custo total, para isso, é de R$ 44 bilhões. Todo o montante será direcionado para o brasileiro vulnerável, para quem está passando dificuldade.

O valor, conforme já mencionado vai variar. O pagamento será de R$250 para casais com ou sem filhos. Já o valor de R$150 será para quem reside sozinho (família unipessoal). Por fim, receberá o maior valor, de R$375, mulheres chefes de família (famílias monoparentais).

Em cada fase do auxílio emergencial, as regras passaram por mudanças. Em 2021, as exigências para ter direito ao auxílio emergencial nesta nova etapa são as seguintes:

  • Ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família;
  • Ter renda familiar mensal de até 3 salários mínimos (R$ 3.300);
  • Possuir renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550);
  • Ter recebido o auxílio emergencial em 2020.

Quem não poderá receber o auxílio emergencial?

Segundo informações do próprio site da caixa, não tem direito ao auxílio quem:

  • Tem vínculo de emprego formal ativo;
  • É menor de 18 anos de idade, exceto no caso de mães adolescentes;
  • É presidiário ou recebe auxílio-reclusão;
  • Possui benefícios previdenciários, assistenciais ou trabalhistas ou programa de transferência de renda federal, com exceção de abono-salarial ou Bolsa Família;
  • Recebeu rendimentos tributáveis em 2010 acima do teto de R$ 28.559.70, de acordo com declaração do Imposto de Renda;
  • Reside no exterior;
  • Tinha posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive a terra nua, de valor total superior a R$ 300.000 em 31 de dezembro de 2019;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma seja superior a R$ 40.000 em 2019;
  • Tem indicativo de óbito ou recebe pensão por morte;
  • Esteja com o auxílio emergencial ou o auxílio emergencial residual cancelado;
  • É estagiário, residente médico ou multiprofissional, beneficiário de bolsas de estudo da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ou outras concedidas por órgão público municipal, estadual, distrital ou federal;
  • Não movimentou os valores relativos ao auxílio emergencial em 2020;
  • É dependente do declarante de IRPF, incluído em 2019.

Saques do auxílio emergencial

Para realizar os saques diretamente no banco, é preciso gerar um código por meio do App Caixa Tem antes. Confira o passo a passo desta opção:

  1. Acesse o aplicativo Caixa Tem;
  2. Depois, escolha a opção “Saque sem cartão”;
  3. Agora, clique na opção “Gerar código para saque”;
  4. Logo após, clique em “Gerar código”;
  5. Por último, digite sua senha do aplicativo.

É necessário se atentar, uma vez que a senha de saque de seis dígitos é válida por uma hora e deve ser usada no local de retirada. Caso o código perca a validade, deve-se gerar um novo.

Os cidadãos podem fazer contato pelo telefone 111. Também existe o 0800 726 0207, dedicado ao atendimento de questões de assistência social, das 8h às 21h, de segunda à sexta-feira, e das 10h às 16h. aos sábados.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.