Gilmar Mendes ironiza a defesa do advogado-geral da União e diz que Mendonça parece ter “vindo de Marte”



O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes disse, nesta 4ª feira (7.abr.2021), que o advogado-geral da União, André Mendonça, parece ter “vindo de Marte” para o julgamento do STF sobre a possibilidade de Estados e municípios proibirem cultos e missas presenciais durante a pandemia.

Gilmar Mendes ironizou a defesa do advogado-geral da União. “Quando sua excelência fala dos problemas dos transportes no Brasil, especialmente do transporte coletivo, e fala do problema do problema do transporte aéreo com a acumulação da pessoa eu poderia ter entendido que sua Excelência teria vindo agora para a Tribuna do Supremo de uma viagem à Marte”, disse.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

O magistrado criticou a atitude “institucional” de André Mendonça durante o período em que foi ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro. “Ele estava descolado de qualquer responsabilidade institucional de qualquer assunto no Brasil”, disse Gilmar. “Fui verificar aqui, ‘googlar’ como diz os mais jovens e verifiquei que ele era ministro da Justiça até recentemente e que tinha responsabilidades institucionais.”

De acordo com Gilmar Mendes, André Mendonça foi omisso e que cabe à União “legislar sobre diretrizes da política nacional de transportes“.

“Parece que está havendo um certo delírio nesse contexto geral. É preciso que cada um de nós assuma as suas responsabilidades, isso precisar ficar muito claro”, disse. “Não tentemos enganar ninguém, até porque os bobos ficaram na corte”.

Assista ao momento (1min54seg):


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.