Justiça do Trabalho encontra R$ 3 bilhões esquecidos em contas



A Justiça do Trabalho localizou R$ 3 bilhões esquecidos em contas de empresas e trabalhadores, na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil. Os dados são do Projeto Garimpo, da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho.

Os donos da verba ainda precisam ser encontrados. As informações são da folha de S.Paulo.


Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

O Projeto garimpo teve início em fevereiro de 2019, com o objetivo de regulamentar o tratamento dado a depósitos abandonados em processos.

Em fevereiro do ano passado, R$ 2 bilhões tinham sido rastreados, segundo o último levantamento feito pelas corregedorias dos 24 tribunais regionais do Trabalho (TRTs).

Do valor total, R$ 268 milhões estão disponíveis a quem tem direito.

– O dinheiro está parado em contas de depósitos recursais. Para questionar uma decisão na Justiça do Trabalho, a empresa precisa deixar uma garantia em contas judiciais. A quantia localizada trata-se, em sua ampla maioria, de resíduos em contas em razão de correções monetárias após a fase de execução, quando se chega ao cumprimento da sentença. Finalizados, os processos já se encontram em arquivo – reportou a Folha.

O ministro Aloysio Corrêa da Veiga, corregedor-geral da Justiça do Trabalho, destacou a importância de encontrar os donos dos recursos, em meio à pandemia da Covid-19.

– Em um momento de crise, é caixa que estaria abandonado. Isso pode ter uma repercussão econômica de destaque nesse momento de crise absurda. Muitas vezes são valores significativos para as empresas. É um valor importante. Tudo isso em contas judiciais de empresas e trabalhadores, mas de trabalhadores em número menor, que foi esquecido nas contas mesmo – falou.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.