Estado anuncia Auxílio de R$ 540 para barraqueiros. Veja quem pode receber o benefício!



O Governo do estado de Pernambuco anunciou nesta segunda-feira (19) a criação de um Auxílio para os barraqueiros. São portanto pessoas que trabalham como ambulantes em praias do estado. Vale lembrar que esses locais passaram por longos fechamentos na pandemia, o que deixou a faixa litorânea mais vazia.



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

O Governo detalhou alguns pontos do projeto em questão. O mais importante deles talvez seja mesmo o valor. Cada barraqueiro ou quiosqueiro vai receber uma quantia de R$ 540. Só que esse montante vai passar por uma divisão em cinco parcelas de R$ 180 cada uma. É um patamar maior do que muita gente está recebendo no Auxílio Emergencial do Palácio do Planalto

De acordo com as autoridades governamentais do estado de Pernambuco, a ideia é investir cerca de R$ 3 milhões neste projeto. Esse dinheiro vai diretamente para as prefeituras de 13 cidades pernambucanas. São justamente os municípios que completam a faixa do litoral no estado em questão.

Essas cidades são: Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Igarassu, Itamaracá, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Recife, Rio Formoso, São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré. O cidadão que deseja receber esse benefício, precisa entrar em contato com a sua prefeitura para perguntar como vai ser essa distribuição.

A projeção do Governo do estado é que cerca de 5.597 trabalhadores de quiosques e barracas de praia recebam este dinheiro nos próximos meses. “Essa proposta de cofinanciamento é mais um esforço do governador Paulo Câmara (PSB) em tornar forte toda a rede de proteção e cuidado às pessoas que mais necessitam”, disse o secretário de Desenvolvimento Social do Estado, Sileno Guedes.

Auxílio para barraqueiros
Esse Auxílio deve acontecer apenas no estado de Pernambuco. No entanto, ele poderia existir em qualquer estado que tenha litoral no Brasil. É que os fechamentos acabaram prejudicando o comércio de muita gente que trabalha na praia.

É justamente por isso que muitos trabalhadores de áreas do litoral do país estão pressionando os seus governadores para que eles criem projetos como estes. Algumas cidades, aliás, estão realizando protestos neste sentido.

Alguns outros estados, como o Rio de Janeiro, por exemplo, estão incluindo esses barraqueiros em seus auxílios emergenciais. No entanto, muitos deles afirmam que ficaram de fora desses pagamentos do Governo.

Presidente
O Presidente Jair Bolsonaro deixou claro em mais de uma entrevista que não concorda com o repasse de auxílios pelos Governos dos estados e pelas prefeituras. De acordo com ele, isso poderia formar cidadãos dependentes do estado.

De qualquer forma, o fato é que o próprio Governo Federal está pagando o seu Auxílio Emergencial. Os pagamentos, aliás, começaram ainda no último mês de abril. De lá para cá, mais de 39 milhões de indivíduos receberam pelo menos uma parcela do benefício.

Esse programa até vai passar por uma prorrogação. De acordo com o Palácio do Planalto, o projeto vai ganhar mais três meses de duração. Assim, ele não deve mais ir até abril, como se previa incialmente e sim até outubro, pelo menos.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.