1 milhão por dia: Pfizer vai fazer a maior entrega de vacinas ao Brasil



Pfizer está preparando a maior operação de entregas de vacinas contra a covid-19 ao Brasil, dentro do contrato que tem com o Ministério da Saúde. A partir desta terça-feira, 20, até o dia 1⁰ de agosto, o laboratório vai entregar uma média de 1 milhão de doses por dia, totalizando um lote de 13.265.460 de doses do imunizante, desenvolvido em parceria com a BioNTech. Até esta segunda-feira, 19, o laboratório já entregou 17 milhões de doses.

A megaentrega será feita via aeroporto de Viracopos, em Campinas, e as vacinas virão da fábrica da Pfizer em Kalamazoo, no estado do Michigan, nos Estados Unidos. Elas então serão transportadas até Miami, e depois em um voo direto ao Brasil. Em território nacional, o imunizante será transportado ao centro de distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos, para ser enviado aos estados.



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

De acordo com o laboratório, o plano logístico envolveu várias áreas para garantir o transporte, manter as condições de armazenamento, e celeridade no processo. Cada lote é descarregado em um tempo que varia entre 30 minutos e uma hora, dependendo da quantidade.

A vacina necessita ficar em uma temperatura entre -75⁰ C e -85⁰ C. Para manter a baixa temperatura, a Pfizer desenvolveu uma embalagem especial capaz de armazenar a vacina congelada, com o uso de gelo seco, que mantém as condições seguras por até 30 dias, desde que haja a troca do gelo seco a cada 5 dias.

O Brasil tem dois contratos de compra de vacinas da Pfizer. O primeiro tem a previsão de entregar 100 milhões de doses até o fim de setembro. O segundo contrato, também de 100 milhões de doses, prevê que as entregas ocorram até dezembro. Considerando que a vacina é de duas doses, este acordo vai imunizar 100 milhões de brasileiros.

Como funciona a vacina da Pfizer?

A vacina do laboratório Pfizer/BioNTech usa a nova tecnologia chamada de genética do RNA mensageiro. Dentro do imunizante há uma proteína do coronavírus que estimula o corpo a produzir anticorpos e impedir a infecção.

Ela é aplicada em duas doses, com intervalo de 21 dias e tem eficácia global de 95%. No Brasil, o Ministério da Saúde optou por usar com intervalo de três meses, o mesmo usado em outros países, como o Reino Unido.

Vacinas contratadas

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o país contratou um total de 662 milhões de doses de vacina, com cronograma de entrega até o fim de 2021, ou seja, um excedente de 118 milhões – levando em conta a vacinação de toda a população.

Além da Pfizer, os maiores volumes foram comprados da Fiocruz/AstraZeneca (210 milhões), e do Instituto Butantan/Sinovac (130 milhões). Até o dia 19 de julho, o governo federal já distribuiu mais de 154 milhões de doses.

Considerando as duas doses de vacinas, ou a de dose única, até o momento o país tem mais de 34 milhões de pessoas protegidas contra a covid-19, o que equivale a 16% da população brasileira.

Por Gilson Garrett Jr, Exame


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.