Marco Aurélio diz que ficou perplexo com vitória de Lula no STF: ‘Retrocesso no combate à corrupção’



Nesta quarta-feira, 20, o programa Pânico recebeu o ex-ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou neste mês de seu cargo no Supremo após atingir a idade máxima prevista para o ofício. Em entrevista, ele relembrou seus votos no STF sobre a prisão de Lula e a suspeição de Sergio Moro. Em 2018, Marco Aurélio foi contra a prisão de Lula em segunda instância, mas, neste ano, votou contra a elegibilidade do ex-presidente e a suspeição de Moro.

Quando perguntado sobre a divergência entre as decisões, respondeu:



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

“São 55 anos de serviço público e 31 anos no Supremo, sempre atuando com absoluta espontaneidade segundo meu convencimento e nada mais. Sergio Moro foi tido, não por mim, mas foi tido como herói nacional e avançou-se no campo do combate à corrupção mediante atividade desenvolvida na 13ª Vara de Curitiba e chegou-se nos processos de Luiz Inácio Lula da Silva depois desses processos terem percorrido diversas instâncias. Nas vias estreitas do habeas corpus articulou-se o que seria incompetência relativa, não incompetência absoluta, do juízo criminal da 13ª de Curitiba e voltou-se à estaca zero. Daí a perplexidade não foi apenas minha, mas da sociedade em geral. Tivemos, da minha ótica, um retrocesso em termos de combate à corrupção. De qualquer forma pronunciou-se o Supremo e, depois que ele se pronuncia, não se tem mais a quem recorrer”.

Marco Aurélio ainda estendeu seu comentário para os motivos pelos quais ele julga a suspeição de Sergio Moro no Supremo como um equívoco.

“Eu fui super coerente. O pior defeito que se pode atribuir a algum juiz é a ausência de imparcialidade. Suspeição do juiz Moro porquê? Porque ele manteve diálogo com órgão acusador? No gabinete do Supremo eu cansei de receber não só advogados da defesa, como também o Ministério Público e jamais ninguém pensou em articular minha suspeição. Vamos presumir o que normalmente ocorre e não o excepcional.”

Para ele, sua aposentadoria do STF não é encarada com arrependimentos por decisões tomadas em votações.

“Em colegiado, a tônica não é a decisão de uma só voz, é a maioria. Cada qual se pronunciando conforme acha que deve se pronunciar. Se fizerem um balanço, hoje mesmo, em um jornal de grande circulação de São Paulo, há um hino sobre o meu desempenho profissional, que foi confeccionado por três juristas. Evidentemente isso me deixa com a consciência tranquila e com a alma lavada.”

Em novembro de 2020, um dos votos mais polêmicos do ex-ministro foi pelo fim da prisão preventiva de André do Rap, apontado como um dos chefes do PCC. O magistrado afirmou que tomou suas decisões baseando-se no que a lei brasileira diz.

“Cumprir a lei no Brasil parece que é errado. Por que digo isso? Porque na reforma, considerando o pacote anticrime, se introduziu uma cláusula no código de processo penal. Prevendo que a prisão provisória vigora por 90 dias, período passível de ser prorrogado mediante representação da polícia, requerimento do Ministério Público ou ainda de ofício do próprio juiz competente. O que está na cláusula é que, não havendo a renovação, a prisão é tida como ilegal. Como julgador, sem ver a capa do processo e sem ver o envolvido, porque a lei vale para todos, constatei a ilegalidade. André do Rap estava preso há mais de 90 dias sem que o ato tivesse sido renovado. O que eu me cumpri a fazer como julgador, cabia a mim apenas constatar um vício e implementar a consequência.”

jovem pan


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.