Luís Miranda chora ao falar sobre suspeita de fraude da Precisa



Em vídeo publicado em uma rede social, o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) chorou ao comentar a suspeita de fraude contra a Precisa Medicamentos. Após as denúncias, a empresa teve o contrato com a farmacêutica indiana Bharat Biotech. O parlamentar e seu irmão, o servidor da Saúde Luís Ricardo Miranda, levaram à CPI da Covid a denúncia de irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

Chorando, o deputado questionou: “Sou eu que devo ser investigado por denunciação caluniosa? Eu fico sendo humilhado, virei chacota inclusive de deputados. Eu que estou no Conselho de Ética, por levar ao presidente uma denúncia que ele não levou a sério?

Miranda disse ainda que seu irmão, um “servidor público sério e honesto”, está sendo investigado e humilhado”. “Ele fica escondido dentro de casa com medo, porque a doença da idolatria política não conseguia ver o óbvio: pagar uma empresa em um paraíso fiscal, adiantado (…)? Em um processo que não consegue nem passar na Anvisa de tão irregular”, disse. “Um empenho de R$ 1,6 bilhão, que poderia ter sido usado para comprar outras vacinas e salvado vidas.”

Presidente ‘não viu nada’

O deputado disse que, agora, não precisa provar mais nada. “A própria indústria (Bharat Biotech) está confirmando o que a gente falou. O presidente disse que pegou os documentos, passou para a frente, mas não viu nada”, disse. “Se não viu nada, por que suspendeu o contrato? Se não viu nada, por que demitiu os funcionários? Por que afastou as pessoas que nós denunciamos?”, questionou. ”

Miranda volta a reclamar de estar sendo acusado de denunciação caluniosa. “Por que tantas ações contra tudo o que nós fizemos? Por que atacar pessoas que só querem ajudar? Por que tanto ódio? Porque tem algo muito grande por trás. Deveria haver uma intervenção no Ministério da Saúde, uma fiscalização em todos os contratos.”

O deputado disse ainda que há “um monte de colegas (deputados) que, em vez de estarem do meu lado, está fingindo que nada está acontecendo”. No texto que acompanha o vídeo, Miranda conclui: “Vão seguir jogando pedra em quem fez o certo e abraçando quem tá errado? A política virou uma guerra, uma disputa por quem fez pior. E nessa, o povo brasileiro é o maior prejudicado”.


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.