Senadores, deputados, jornalistas e advogados se pronunciam sobre impeachment de Moraes pedido por Bolsonaro



O presidente Jair Bolsonaro pediu, na última sexta-feira, o impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. O pedido foi protocolado no gabinete do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, por um auxiliar da Presidência. Imediatamente após o anúncio do protocolo, deputados, políticos em geral, militares, advogados e cidadãos comuns comentaram o fato pelas redes sociais.

O advogado Pierre Lourenço, diretor jurídico do Instituto Nacional de Advocacia, disse: “Finalmente, o Poder Executivo, a instituição da Presidência da República, o Presidente da República, o Presidente Bolsonaro, em ato inédito protocola o pedido de impeachment do ministro do STF Alexandre de Moraes”. O advogado acrescentou: “Todos são testemunhas de que o Presidente Bolsonaro engoliu a seco milhares de ofensas, mentiras e desmandos da imprensa, STF, governadores e esquerda em geral. Hoje a corda arrebentou, agora que esses mesmos atores arquem com as consequências de seus atos”.



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

O Supremo Tribunal Federal divulgou uma nota oficial:
O STF, neste momento em que as instituições brasileiras buscam meios p/ manter a higidez da democracia, repudia o ato do Exmo. Sr. Presidente da República, de oferecer denúncia contra um de seus integrantes por conta de decisões em inquérito chancelado pelo Plenário da Corte.
O Estado Democrático de Direito não tolera que um magistrado seja acusado por suas decisões, uma vez que devem ser questionadas nas vias recursais próprias, obedecido o devido processo legal.
O STF, ao mesmo tempo em que manifesta total confiança na independência e imparcialidade do Ministro Alexandre de Moraes, aguardará de forma republicana a deliberação do Senado Federal.

A jurista Janaína Paschoal afirmou:
Pode-se concordar, divergir, ou tecer ponderações, relativamente ao pedido de impeachment apresentado pelo Presidente… mas dizer que o pedido, em si, fere a Constituição Federal constitui contradição intrínseca! O impeachment é um instrumento constitucional! Eu mesma me surpreendi ao ler que o Ministro, na condição de membro do TSE, teria encaminhado documentos para si próprio, na posição de Ministro do STF! Não sei se isso ocorreu mesmo. Mas não me parece algo ortodoxo, juridicamente!

O senador Luis Carlos Heinze disse: “Conforme era previsto, o presidente Jair Bolsonaro protocolou o pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. Não vem de hoje as inúmeras ações arbitrárias do ministro. De fato, esse é o mecanismo adequado para impor freio e julgar ações que extrapolam os limites constitucionais que o ministro vem realizando. A iniciativa conta com meu total apoio”.

O presidente estadual do PTB/RN, Getúlio Batista, parabenizou o presidente: “Parabéns, Presidente Jair Bolsonaro, pela decisão de apresentar ao Senado nesta sexta-feira, 20.08, o pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. O documento já foi protocolado! Inteligente, optou apenas por um Ministro”.

O advogado Maurizio Spinelli disse: “Mais uma dentro das 4 linhas: Bolsonaro protocola pedido de impeachment contra Alexandre no Senado”.

O advogado Dário Junior afirmou: “Não resta dúvida que o presidente do Senado vai arquivar esse pedido de impeachment do Alexandre de Moraes, apresentado pelo Bolsonaro e pelo AGU. O Planalto sabe disso e mesmo assim encaminhou o pedido. O que importa é o gesto político”.

O deputado federal Carlos Jordy disse: “Presidente Bolsonaro acaba de protocolar o pedido de impeachment do Ministro Alexandre de Moraes. Que a justiça seja feita. Amém!”.

O deputado federal General Girão afirmou: “Nas 4 linhas…”.

O jornalista Vinicius Mariano disse: “Bolsonaro acabou de protocolar o pedido de impeachment do lagostíssimo Alexandre de Moraes. Rodrigo Pacheco tem a oportunidade de mostrar que não é só um parlamentar medíocre e fazer história. Vamos ver o que ele vai escolher”. O jornalista lembrou: “Após o pedido de impeachment de Alexandre de Moraes, Alcolumbre disse que não irá pautar a indicação de André Mendonça. Em 2019, o STF arquivou dois inquéritos que investigavam Alcolumbre. Percebem como funciona o mecanismo?”.

O jornalista Ricardo Roveran afirmou: “O freio do STF tem que vir do povo. O impeachment do Alexandre é uma vitória que o brasileiro precisa pra voltar a sorrir um pouco, pra voltar a sentir que é dono do país: que o poder emana de si”.

A advogada Fabiana Barroso relatou o protocolo e citou: “Não se pode tolerar medidas e decisões excepcionais de um ministro do STF que vem ruindo os pilares do Estado Democrático de Direito.”
(…)


NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.