Ministro Tarcísio sobre eleições 2022: “Vou caminhar junto com o presidente. Não sei se exatamente num governo de Estado, não sei se em São Paulo. De repente no Parlamento, em Goiás”



Citado pelo presidente Jair Bolsonaro como opção para o governo de São Paulo em 2022, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, admitiu pela primeira vez, em entrevista ao Estadão/Broadcast, que pode entrar na disputa eleitoral, mas não necessariamente pelo Palácio dos Bandeirantes.

“Vou caminhar junto com o presidente. Não sei se exatamente num governo de Estado, não sei se em São Paulo. De repente no Parlamento, em Goiás. Por exemplo, por que não o Senado em Goiás?”, disse ele, que também mencionou a possibilidade de concorrer por Mato Grosso. Carioca radicado em Brasília, Tarcísio, que nunca concorreu, não tem ligação com nenhum dos dois Estados.
Fortes no agronegócio, Goiás e Mato Grosso são destinos de obras consideradas “cartão de visita” do Ministério da Infraestrutura, o que poderia ajudá-lo.
O ministro tem marcado presença nas viagens de Bolsonaro pelo País. Nos atos de 7 de Setembro, em que o presidente ameaçou o Supremo Tribunal Federal, subiu no carro de som ao lado do chefe tanto em São Paulo quanto em Brasília. No comício na Avenida Paulista, o presidente passou o microfone ao auxiliar. “Depois de ouvir o presidente, não tem nem mais o que dizer. Vamos lutar pela nossa liberdade, pela liberdade de empreender, prosperar, de vencer”, discursou Tarcísio.
Popular nas redes sociais e prestigiado pelo presidente, Tarcísio se tornou ativo importante para Bolsonaro, que viu sua aprovação cair nos últimos meses. Formado pela Academia Militar das Agulhas Negras, o ministro é responsável por comandar a pasta que entregou algumas das promessas da área de infraestrutura e promoveu uma série de leilões, acumulando capital político entre simpatizantes do governo.
Questionado se a radicalização do discurso de Bolsonaro não põe a lista de “realizações” em segundo plano, Tarcísio negou. “Tudo o que aconteceu foi na batuta do presidente. O presidente vai mostrar isso, e a gente vai caminhar bem”, afirmou.
Há meses, Bolsonaro trabalha com a ideia de que Tarcísio é o nome mais viável para derrotar um candidato lançado por João Doria (PSDB) na sucessão ao Bandeirantes – o mais cotado hoje é o vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB). “Se ele resolver vir candidato a qualquer local, a decisão é dele, né? Mas pode ter certeza de que se ele vier candidato por São Paulo, ele nem precisa fazer campanha porque, afinal de contas, vão ser os velhos políticos contra o Tarcísio”, disse Bolsonaro no fim de julho.
À reportagem, Tarcísio afirmou que quer “continuidade” e, portanto, tem como projeto a reeleição de Bolsonaro. Se conquistar uma cadeira no Parlamento, poderia se licenciar para voltar a ser ministro em 2023. “É uma possibilidade (se licenciar de eventual mandato de senador para ser ministro). Adoraria ver isso tudo ser concretizado lá na frente. Mas sempre na lógica: o que ajuda mais o presidente, onde a gente tem que estar para caminhar junto do presidente?
Quais as melhores combinações de palanque em cada um dos Estados?”, disse o ministro, que ocupou cargos de confiança nas gestões de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB).
Estadão Conteúdo



Está gostando? Participe do nosso GRUPO no TELEGRAM e saiba das notícias em primeira mão!

NOVIDADE!Participe do nosso CANAL no TELEGRAM ou do nosso GRUPO de Whatsapp e receba notícias em primeira mão!

Notícias Recentes:


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.