A derrota de Maia e Alcolumbre mostra a divisão do STF

De um lado, ministros que querem dar um golpe no Brasil, derrubar Bolsonaro e colocar a esquerda no poder.

De outro, ministros que ainda respeitam a Constituição.

Toffoli, Moraes, Lewandowsky, Gilmar e Kassio são golpistas?

Os ministros do STF que defenderam o golpe branco para reeleger Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre “sentiram-se traídos e expostos” pelos demais, porque contavam com o voto da maioria.

Um desses ministros, integrante do bloco de Gilmar Mendes, disse para O Globo que“essa atitude foi a gota d’água” e que “a gestão de Fux como presidente acabou”.

Além do próprio Gilmar Mendes, o grupo é composto por Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes e Kassio Marques.

Avalie post