ACNUR e OIM lamentam a morte de 16 pessoas em acidente de trânsito na Nicarágua

 

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) lamentam o trágico acidente ocorrido na noite da última quarta-feira, 27 de julho, no departamento de Estelí, Nicarágua. O acidente de um ônibus que transportava pessoas em situação de deslocamento deixa um total de 16 pessoas mortas, 15 delas de origem venezuelana e uma nicaraguense. Outras 47 pessoas ficaram feridas.

O ACNUR e a OIM expressam suas sinceras condolências às famílias e entes queridos daqueles que morreram neste acidente, e desejam aos feridos uma rápida recuperação.

Esta tragédia eleva para 192 o número de pessoas em situação de deslocamento que perderam suas vidas na América Central e México até agora neste ano, de acordo com o Projeto de Migrantes Desaparecidos da OIM. De acordo com a mesma fonte, 1.558 pessoas refugiadas ou migrantes morreram durante seus deslocamentos forçados desde 2014 até hoje na mesma região.

O ACNUR e a OIM reiteram o apelo aos governos da região para fortalecer a coordenação internacional a fim de preservar as vidas e proteger os direitos das pessoas em situação de deslocamento, fortalecer as respostas às necessidades de proteção internacional, combater o contrabando de migrantes e o tráfico de pessoas e otimizar a disponibilidade e o acesso a canais seguros e regulares de migração, em particular para mulheres, meninas, meninos e outras pessoas com necessidades específicas de proteção.

O ACNUR e a OIM estão prontas para apoiar os governos e assegurar que as normas internacionais de proteção sejam aplicadas e que o deslocamento humano seja seguro, regular e digno, fortalecendo as ações destinadas a proteger e assistir pessoas refugiadas, migrantes e comunidades de acolhimento em situações de vulnerabilidade, e abordando os fatores adversos que dão origem ao deslocamento.

IMAGEM: (R7)

LEIA MAIS:

Entenda como funcionará o Auxílio de R$720 prometido por Bolsonaro em agosto

Datas de pagamento do Vale-Gás são alteradas e valor atualizado!

Movimento Advogados de Direita Brasil pedem reunião com presidente do TSE

Bolsonaro reduz a diferença para Lula entre os mais pobres, aponta pesquisa

Avalie post