Alexandre de Moraes que perdeu no domingo para Bolsonaro tenta se vingar na segunda-feira

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes publiou, hoje, decisão que representa um constrangimento tanto para o presidente da República, Jair Bolsonaro, como para o presidente da Corte, Luiz Fux.

O ministro vinga-se da derrota que sofreu ontem no caso da reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado, derrotado por Bolsonaro.

Moraes negou a dispensa prévia do interrogatório do presidente no inquérito que apura suposta tentativa de interferência na Polícia Federal e enviou o tema para análise do plenário. “A forma de interrogatório do Presidente da República será definida em decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal”, disse o magistrado na decisão. Eis a íntegra (175 KB).

Bolsonaro já havia comunicado, via AGU (Advocacia Geral da União), que não pretende prestar depoimento no caso.

CLIQUE AQUI para examinar a decisão de Moraes.

Avalie post