Anvisa suspende vacina chinesa por causa de “evento adverso grave”

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), suspendeu os estudos clínicos da vacina contra o vírus chinês, o CoronaVac. O anúncio foi feito ontem a noite.

 

O editor recebeu o aviso as 19h30min e diz que  o imunizante é desenvolvido no Brasil pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com a biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Segundo a Anvisa, suspensão ocorre por causa de um “evento adverso grave” do dia 29 de outubro, mas não informou o que teria acontecido. Com a interrupção dos testes, nenhum novo voluntário poderá ser vacinado com o imunizante.

O Instituto Butatan diz que foi surpreendido e hoje concederá coletiva, as 10h.

CLIQUE AQUI para saber muito mais, inclusive detalhes técnicos

Avalie post