Após ser barrado, Maia indica sucessores para comando da Câmara

Um dia após o Supremo Tribunal Federal barrar a reeleição de Maia e Alcolumbre, o presidente da Câmara dos Deputados indicou cinco possíveis nomes para sucedê-lo.

Nesta segunda-feira, 7, Maia também disse que nunca teve a intenção de disputar a reeleição e que seu candidato deverá representar a independência do Legislativo.

Leia mais:

Doria atropela Governo Federal e Anvisa e diz que vacinação contra a Covid-19 vai começar dia 25 de janeiro em SP

Manifestantes e políticos conservadores fazem protesto em Brasília pela impressão do voto

Abraham Weintraub poderá ser candidato a governador de São Paulo, diz site

Questionado sobre quais são os cotados por ele, Maia citou os deputados Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Baleia Rossi (MDB-SP), Elmar Nascimento (DEM-BA), Luciano Bivar (PSL-PE) e Marcos Pereira (Republicanos-SP).

“Na minha sucessão, nós precisamos fazer um candidato que garanta esse movimento firme, um movimento que garante à Câmara dos Deputados livre de qualquer interferência de outro Poder”, afirmou Maia em entrevista à Globonews.

O atual presidente da Câmara também defendeu a retomada da pauta de votações, interrompida no período eleitoral.

Segundo ele, a candidatura do seu grupo político não é contra o governo nem contra o deputado Arthur Lira, líder do Centrão, que também deve disputar a vaga.

Avalie post