Argentina é campeã em queimadas e incêndios na América do Sul, mostra satélite da Nasa

Problemas com queimadas e incêndios florestais foram piores na Argentina do que no Brasil no decorrer do ano. É o que mostram os registros do Aqua, satélite da norte-americana Nasa e que serve de referência para monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Segundo os dados divulgados, o país governador por Alberto Fernández lidera a lista de ocorrências ambientais nos últimos meses em toda a América do Sul.

Leia mais: ONU recruta voluntários para controlar informações relacionada à covid-19 nas redes sociais

De janeiro a novembro de 2020, a Argentina apresentou aumento de 157% em relação a queimadas e incêndios, quando comparado com o mesmo período de 2019. O Brasil aparece somente na oitava posição, com crescimento de 13% no número de ocorrências nesse sentido. O dado atrelado ao Brasil representa menos da metade da média registrada no continente sul-americano: 27%. As informações são da Revista oeste

Os dados sobre queimadas e incêndios na América do Sul foram repercutidos na edição desta quarta-feira, 2, de Os Pingos nos Isprograma da rádio Jovem Pan.

Com a Argentina campeã, o top cinco de ocorrências ambientais em 2020 na América do Sul ficou assim:

  1. Argentina — 157%
  2. Equador — 124%
  3. Uruguai — 66%
  4. Paraguai — 65%
  5. Colômbia — 33%
Avalie post