Barroso, reincidente, abusivo, ameaça novamente os serviços do Telegram

Em entrevista ao jornal O Globo, neste domingo, o presidente do TSE, Luiz Roberto Barroso, ameaçou proibir o funcionamento do Telegram no Brasil.

É uma declaração abusiva.

As críticas envolvendo o potencial de disseminação de conteúdo ilegal no Telegram são exageradas, assim como a possibilidade de bloquear o aplicativo de mensagens no Brasil. A falta de controle sobre conteúdos potencialmente criminosos não é uma particularidade do Telegram.

Avalie post