Biden pode fazer do Brasil seu primeiro “fora da lei do clima”

Joe Biden vai criar uma lista chamada “climate outlaw”, algo como “criminosos do clima” para os países que não lidarem com as questões climáticas.

Adivinha qual a posição nessa lista o Brasil deve ocupar? Isso mesmo, o topo.

Se eleito Joe Biden prometeu comprometer os EUA ao acordo climático Paris e alavancar a comunidade internacional para instar os países relutantes em subir a bordo com a meta de manter as temperaturas médias globais de subir acima de 2 ° C .

Como parte desse esforço, conforme descrito no ambicioso plano climático de Biden , sua administração planeja “Nomear e envergonhar os fora-da-lei globais do clima” em um novo “Relatório de Mudança Global do Clima”, a fim de “responsabilizar os países pelo cumprimento ou não cumprir, seus compromissos de Paris e para outras etapas que promovem ou minam as soluções climáticas globais. ”

E durante o primeiro debate presidencial de 2020, Biden deu uma indicação de um dos primeiros países potencialmente rotulados de “fora da lei”: o Brasil.

Biden disse que vai reunir os países para levantar US $ 20 bilhões para doar ao Brasil para proteger a Amazônia. Ele também ressaltou que haveria graves consequências se o Brasil não parasse com suas políticas de desmatamento.

 

Avalie post