Bolsonaro avisa que vacina chinesa também será fornecida. Vacinação começará em janeiro.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião com governadores nesta terça-feira, disse que a vacina chinesa contra o vírus chinês será comprada pelo governo federal e incorporada ao Programa Nacional de Imunizações.

A vacina em questão é a Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan e pela Sinovac. Segundo o ministro, com base em dados fornecidos pelo Butantan, a vacinação é esperada para janeiro.

LEIA MAIS: Bolsonaro se pronuncia em defesa de Donald Trump: ;Espero comparecer à sua posse após a reeleição

O governo Bolsonaro avisou que negocia a compra de 40 milhões de doses.

Atualmente o calendário nacional conta apenas com a vacina desenvolvida pela Oxford. Um lote inicial de 100 milhões de doses já foi contratado.

Avalie post