Cadê a grande mídia? Comício de Boulos provoca aglomeração de militantes

m co­mício in­formal do can­di­dato co­mu­nista do Psol à pre­fei­tura de São Paulo, Gui­lherme Boulos, pro­vocou ní­veis de aglo­me­ração no Largo da Ba­tata, Zona Oeste da ca­pital pau­lista. Em fotos pu­bli­cadas neste úl­timo do­mingo, é pos­sível ver cen­tenas de pes­soas amon­to­adas, muitas das quais sem más­caras ou pro­teção, para ouvir o dis­curso do líder do Mo­vi­mento dos Tra­ba­lha­dores Sem Teto e de ou­tros nomes ra­di­cais e mi­li­tantes da es­querda. Con­forme re­pre­sen­tantes da cam­panha, a ideia era dis­tri­buir pan­fletos e ade­sivos para apoi­a­dores. Con­tudo, o evento teve “pú­blico maior que o pre­visto”.

Nas redes so­ciais, apoi­a­dores quei­xaram-se do des­caso com o cum­pri­mento de me­didas de dis­tan­ci­a­mento so­cial. Os or­ga­ni­za­dores ga­rantem que não se tratou de co­mício mas sim “reu­nião”. Boulos anun­ciou o evento nas redes como “Mu­tirão da Vi­rada”. Par­ti­ci­param os de­pu­tados fe­de­rais Sâmia Bomfim e Glauber Braga, além do de­pu­tado es­ta­dual Carlos Gi­an­nazi, todos mi­li­tantes fer­re­nhos do Psol.

As in­for­ma­ções são da Re­vista Oeste.

Avalie post