Contratos de obras emergenciais do governo Doria entram na mira da Justiça

Três contratos de obras emergenciais do Departamento de Estradas de Rodagem de SP (DER) tornaram-se alvo do Ministério Público de São Paulo (MPSP). Os serviços na mira da Justiça foram prestados em trechos das rodovias SP-055 (no município de Cruzeiro) e SP-052 (em São Sebastião).

LEIA MAIS: Desembargadora de SP desbloqueia R$ 29,4 milhões em bens de João Doria

As benfeitorias se referem à proteção de talude, realizadas depois de um desabamento. As negociações foram firmadas com as empresas Ideal Terraplanagem e Almeida Sapata Engenharia, todas durante a gestão do governador João Doria (PSDB). Ao jornal Folha de S.Paulo, o DER garante que está respondendo ao MPSP e que as dúvidas serão esclarecidas. De acordo com a publicação, o departamento firmou dezenas de contratos sem licitação nos últimos meses.

Avalie post