Deputados votam a favor em manter veto do Bolsonaro contra aumento de salários

Câmara mantém veto de Bolsonaro que congelou salários de servidore.

O plenário da Câmara dos Deputados manteve, por 316 votos a 165, na noite desta quinta-feira.

O veto do presidente Jair Bolsonaro, que congelou os salários do funcionalismo federal, estadual e municipal.

Ou seja a receita tributária do governo federal aumentou para R$ 115,9 bilhões em julho, indicando recuperação da atividade econômica.

LEIA MAIS: Operação Vendilhões: Padre de Goiás é investigado por mais de R$ 120 milhões de desvios em doação de fiéis

Além disso a Oposição queria derrubar o veto de Bolsonaro que impede estados e municípios de reajustar salários e assegurar progressão de carreira até o final de 2021.

Avalie post