Desesperados! PT afirma que vai se unir com seus rivais

Com nova postura, a cúpula do PT (Partido dos Trabalhadores) afirma que busca união com todos os seus rivais, pois quer agradar todos os tipos de eleitores ao mesmo tempo. Lula conseguiu uma aliança inusitada com Geraldo Alckmin e continua buscando por mais ex rivais.

Recentemente Luiz Inácio buscou apoio do ex-presidente FHC, mas fracassou, o mesmo revelou que estaria apoiando Dória durante as corridas presidenciais. O intuito do petista é desvincular a imagem ruim do PT tentando mascarar seus péssimos posicionamentos.

A carta que o PT vem apresentando foi intitulada como ”Resistência, travessia e esperança’’, e tenta construir uma imagem de união e pontes entre partidos rivais.

E pelo que tudo indica Alckmin será o vice-presidente na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva.

PT se unir com todos é um indício de Corrupção?
Todos sabem que na prática a atitude de buscar agradar todos os lados e visar construir aliança com partidos com propostas opostas é no mínimo suspeito. Na maioria das vezes que este tipo de cartilha é construída ela termina em escândalos de corrupção, como foi observado durante o mensalão.

Luiz Inácio sempre teve um perfil de buscar união com os mais diversos partidos, como já ocorre de costume com a esquerda e o centrão político. E deste modo a velha política sempre se perpetuou rodeada de corrupção.

Além disso, este fato nos mostra que nossas opções políticas são menores do que imaginamos, levando-se em conta que a maior parte dos candidatos se unem com grupos ideológicos opostos, de modo que não honre o ideal que seus eleitores buscavam.

E mais uma vez podemos observar que a esquerda e o centrão são farinhas do mesmo saco, tendo pouca credibilidade com os eleitores brasileiros.

Avalie post