‘Dirigi a palavra duas vezes a Alexandre. Ele não respondeu’

Na noite desta quarta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro disse, durante entrevista à Jovem Pan, que foi ignorado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes no encontro que teve com ele no último dia 7.

Na ocasião, Moares estava acompanhado de outro ministro do STF, Edson Fachin. Ele se reuniu com Bolsonaro por cerca de 15 minutos para entregar o convite para cerimônia de troca no comando do TSE. Fachin e Moraes assumirão a presidência e a vice-presidência do TSE no próximo dia 22.

Bolsonaro disse que se dirigiu a Moraes em duas oportunidades, mas o ministro não respondeu.

“Apenas o Fachin falou naquele momento. Eu dirigi a palavra duas vezes ao ministro Alexandre. Ele não respondeu. Quando saíram dali, foram ao Senado encontrar o presidente Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e ali decidiram, inclusive, que a CPI das Fake News deveria voltar a funcionar”, contou o chefe do Executivo.

Bolsonaro também revelou que, “por coincidência”, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e comandantes das Forças Armadas estavam em seu gabinete durante a reunião.

Avalie post