Esquerda é humilhada em Porto Velho. Juntos, candidatos de esquerda não somaram 5% votos

Os partidos mais à esquerda foram rejeitados pelo eleitorado de Porto Velho. Com candidaturas distintas, PT, PCdoB, Psol e PSTU tiveram desempenhos pífios no pleito da capital de Rondônia. Na soma, o quarteto de siglas não alcançou 5% dos votos válidos.

Com 100% das seções apuradas, o petista Ramon Cujui encerrou o primeiro turno com 3,22% dos votos válidos. Na divisão esquerdista, ele foi seguido pelo comunista Samuel Costa, com 0,56%. O socialista Pimenta de Rondônia (0,54%) e Geneci Gonçalves (0,14%), do PSTU, foram ainda piores.

Mal nas urnas, a turma da esquerda de Porto Velho terá de acompanhar a realização de segundo turno na cidade. Hildon Chaves (PSDB) e Cristiane Lopes (PP) são os únicos candidatos à prefeitura que seguirão na disputa. Eles conquistaram 34,01% e 14,32% dos votos válidos, respectivamente.

 

Avalie post