Ex-ministro da Justiça de Dilma diz que Lula pode ser assassinado por bolsonaristas

O ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão (ele foi ministro de Dilma) afirmou nesta quinta-feira (17) que é importante a equipe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficar em alerta para questões relacionadas à segurança do petista.

A entrevista foi concedida ao Jornal da Fórum.

Aragão insinuou que apoiadores de Bolsonaro estão por trás do suposto atentado que ocorreria a qualquer momento, mas não apresentou prova alguma.

Como se sabe, foi um ex-filiado do esquerdopata Psol quem atentou contra Bolsonaro, o que demonstra de onde partem os atos de violência.

É factoide boquirroto.

Avalie post