Exército israelense mata palestino de 16 anos na Cisjordânia

 

Um soldado israelense matou a tiros um palestino de apenas 16 anos perto de uma estrada que leva a um assentamento judaico na Cisjordânia ocupada nesta hoje, 29, afirmaram autoridades palestinas. Já o Exército de Israel afirmou que abriu fogo para proteger motoristas dos manifestantes.

De acordo com algumas testemunhas, houve confrontos abertos entre alguns colonos, onde pelo menos um estava armado, já alguns palestinos estariam atirando pedras.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores Palestino condenou veementemente o a morte do jovem classificando como uma “execução”. Ainda um segundo palestino foi baleado e ferido no incidente, disseram autoridades de saúde.

Já os Militares Israelense disseram que as tropas dispararam para dispersar vários Palestinos que queimaram pneus e atiravam pedras em uma estrada que leva ao assentamento de Kochav Hashachar. Um comunicado do Exército disse: “Estamos cientes de relatos de um palestino que foi morto”.

O Canal 14 da televisão de Israelense disse que um colono também ficou ferido e seu cachorro foi morto. Mas o Exército afirmou que não tinha conhecimento de tal incidente durante os confrontos perto de Kochav Hashachar e que o relato parecia estar se referindo a um incidente em outro lugar. As negociações de paz patrocinadas pelos Estados Unidos pararam em 2014. As informações são da Reuters

imagens: ( diário pernambuco)

LEIA MAIS:

Entenda como funcionará o Auxílio de R$720 prometido por Bolsonaro em agosto

Lula não acredita em golpe de Bolsonaro após as eleições

Após ser demitido da Globo, Casagrande segue com ataques a Bolsonaro: “Sou PT. Bolsonaro é um dos piores brasileiros que existem”

10 dicas para se recolocar no mercado de trabalho

Polícia Federal investiga ataques de merda ao juiz que mandou prender ministro Milton Ribeiro

Avalie post