Justiça afasta diretoria da ANEEL e do ONS após novo apagão no Amapá

O novo apagão enfrentado pelo Amapá faz o Poder Judiciário agir contra órgãos responsáveis relacionados ao fornecimento de eletricidade no país. Nesta quinta-feira, 19, a Justiça Federal do Estado determinou o afastamento das diretorias da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Leia mais: ‘Sou preso político’, diz Oswaldo Eustáquio após prisão domiciliar por determinação do STF

A determinação é válida por 30 dias. Segundo entendimento da Justiça, o afastamento se faz necessário para evitar interferência por parte das lideranças dos dois órgãos nas investigações sobre as quedas de energia em parte do Amapá. Na segunda-feira, 18, foi informado que o caso passou a ser investigado pela Polícia Federal (PF).

Dessa forma, estão afastados de seus cargos, segundo informa o portal G1:

  • Aneel

André Pepitone da Nóbrega, diretor-geral
Efrain Pereira da Cruz, diretor
Elisa Bastos Silva, diretora
Hélvio Neves Guerra, diretor
Sandoval de Araújo Feitosa Neto, diretor

  • ONS

Luiz Carlos Ciocchi, diretor-geral
Jaconias de Aguiar, diretor de Assuntos Corporativos
Sinval Zaidan Gama, diretor de Operação
Marcelo Prais, diretor de TI, Relacionamento com Agentes e Assuntos Regulatórios
Alexandre Nunes Zucarato, diretor de Planejamento

Avalie post