Lula dispara: “Brasileiro precisa entender que ter livro é melhor que ter arma”

Nesta quarta-feira (26), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores, voltou a fazer críticas em direção ao governo Bolsonaro. Em uma entrevista concedida à imprensa, ele atacou pautas defendidas pelo atual mandatário.

“O brasileiro precisa compreender que ter livro é melhor do que ter arma. Investimento em saúde não é gasto, é investimento. Precisa entender que investimento em educação não é gasto, é investimento”, disse ele.

Lula retomou a crise sanitária para criticar Bolsonaro, assim como suas escolhas para o Ministério da Saúde.

 “Nós nunca tivemos ministro da Saúde com o pensamento retrógrado e atrasado como nós temos hoje. […] O Bolsonaro não conseguiu indicar um único ministro da Saúde que fosse um cara interessado em cuidar do povo”, disse Lula.

Por fim, Lula também afirmou que o general Pazuelo, ex-ministro da Saúde, deveria ter sido preso ao fim da CPI.

Avalie post