Mais um ‘político’ é preso com dinheiro na cueca, aproximadamente 1 milhão.

Segundo o portal G1, a Polícia Civil do Ceará prendeu cinco homens suspeitos de crime eleitoral, em Caucaia, neste sábado (28). Entre o detidos estava Miguel Carolino de Amorim, irmão do prefeito Naumi Amorim (PSD), candidato à reeleição.

De acordo com a investigação, Miguel estava com dinheiro na cueca.

O vice-presidente da Autarquia Municipal, Carlinhos Gomes, o secretário de Patrimônio, Assis Medeiros, além do subprocurador do município, Antônio Uedson da Silva, estavam entre os homens que foram presos.

Com o grupo, foi encontrado o total de R$ 1 milhão. A Polícia Federal também encontrou um computador e um caderno, que apresentava uma lista de possíveis destinatários da verba, que seria usada para a compra de votos.

Os homens foram abordados no Bairro Parque Potira. A prisão aconteceu durante uma vistoria da ‘Operação Eleições 2020 – 2ºTurno’.

Avalie post