Militante que sugeriu envenenamento de Bolsonaro foi visitado pela polícia federal

Bismark Victor: Nesta segunda-feira, dia 7 de fevereiro, o caderno de Política do News Atual, traz matéria sobre Bolsonaro e o envenenamento sugerido por um militante da internet. A polícia
Federal ouviu o esquerdista Bismark Victor, que se diz blogueiro para explicar qual sua intensão com um post tão ofensivo.

Tudo começou quando Bismark Victor usou suas redes sociais para incitar o ódio contra o presidente Jair Bolsonaro. “Quem será q vai fazer o serviço de colocar veneno? Faz falta alguma. É até um serviço de bem para sociedade.” escreveu o esquerdista no seu Twitter.

Bismark Victor recebeu visita da polícia Federal
O lacrador de esquerda fez a publicação quando estava em Caicó no Rio Grande do Norte, e hoje recebeu em sua casa a visita da Polícia Federal. O homem identificado como autor da postagem prestou esclarecimentos aos policiais que foram embora em seguida.

Em conclusão, o que podemos ver é que do lado conservador, uma simples crítica ao STF como por exemplo, já é o suficiente para garantir uma prisão. Por outro lado, quando o agressor é da esquerda, pode ofender, difamar e até incitar a morte do presidente como fez o lacrador Bismark Victor, e não acontece nada.

Avalie post