Ministro Alexandre de Moraes: ‘Se houver repetição do que houve em 2018, terá cassação e prisão’,

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), declarou na manhã desta quinta-feira (28), que caso ‘houver repetição do que houve em 2018, terá cassação e prisão’.

A fala do magistrado aconteceu no decorrer do julgamento da cassação da chapa do presidente da República Jair Bolsonaro, e seu vice, Hamilton Mourão.

Moraes é o sucessor de Barroso na presidência do Superior Tribunal Eleitoral, e falou sobre a disseminação de notícias falsas.

“A Justiça Eleitoral, assim como toda a Justiça, pode ser cega, mas ela não é tola. Não podemos criar de forma alguma um precedente avestruz, ‘ah, não ocorreu nada’. Todo mundo sabe o que ocorreu, todo mundo sabe o mecanismo utilizado nas eleições e depois das eleições”, disse ele.

“Se houver repetição do que foi feito em 2018, o registro será cassado. E as pessoas que assim fizerem irão para a cadeia por atentar contra as eleições e a democracia no Brasil”, completou.

Avalie post