Ministro da Saúde pretende cancelar reunião com Doria sobre vacina chinesa

O Ministro da Saúde pretende cancelar a reunião com o Governador de São Paulo, João Dória, que está prevista para acontecer na próxima quarta-feira (21) na sede do Ministério, em Brasília. Doria tem o intuito de ir para Brasília para convencer o Governo Bolsonaro a comprar 100 milhões de doses da vacina chinesa Coronavac. A informação é da CNN Brasil.

Fontes do Governo disseram à emissora que essa semana tem uma reunião do General Pazuello e secretários da pasta com os todos os governadores para falar sobre as vacinas e as datas previstas para a testagem da imunização e de como será realizada a vacinação quando se chegar a um imunizante eficaz contra a covid-19, sendo assim, não seria necessária uma segunda reunião com o governador de São Paulo.

O cancelamento da reunião vem logo após o presidente anunciar que não haverá a obrigatoriedade da vacina contra o novo coronavírus.

“Meu ministro já disse claramente que não será obrigatória essa vacina. Tem um governador  aí que esta se intitulando o médico do Brasil dizendo que ela será obrigatória. Repito que não será”, concluiu o Presidente.

Avalie post