Moro fala que se Joe Biden for eleito, go­verno Bolsonaro “terá que mudar de pos­tura”

O ex-juiz fe­deral e ex-mi­nistro da Jus­tiça e Se­gu­rança Pú­blica, Sergio Moro, voltou a co­mentar sobre o ce­nário po­lí­tico. Se­gundo a re­vista Crusoé, Moro disse que será ne­ces­sário que o go­verno bra­si­leiro mude de pos­tura se o de­mo­crata Joe Biden for eleito nos Es­tados Unidos. “Caso as urnas con­firmem o fa­vo­ri­tismo de Joe Biden, o atual go­verno bra­si­leiro, que, através do pre­si­dente Bol­so­naro, se ali­nhou pes­so­al­mente ao atual pre­si­dente Trump, terá que mudar de pos­tura”, afirmou o ex-mi­nisto da jus­tiça.

O ex-juiz da Lava Jato voltou a frisar que as re­la­ções entre os dois países “trans­cende ques­tões pes­soais”. “Isso não ne­ces­sa­ri­a­mente será di­fícil, pois a re­lação entre Brasil e Es­tados Unidos trans­cende ques­tões pes­soais, a ilus­trar o fato de que a pro­xi­mi­dade entre o pre­si­dente Bol­so­naro e o pre­si­dente Trump não re­sultou em grandes van­ta­gens co­mer­ciais para o Brasil”. Moro ainda en­fa­tizou: “Será, no en­tanto, ne­ces­sário que o go­verno bra­si­leiro ajuste pelo menos a po­lí­tica am­bi­ental e for­ta­leça a pre­ser­vação prin­ci­pal­mente da flo­resta amazô­nica, a fim de di­mi­nuir as pres­sões da co­mu­ni­dade in­ter­na­ci­onal e do novo go­verno ame­ri­cano. Quando eu es­tava no go­verno, houve de fato um es­forço sig­ni­fi­ca­tivo, neste ano já sob a li­de­rança do vice-pre­si­dente Ha­milton Mourão, para re­duzir quei­madas e des­ma­ta­mento ilegal. A Ope­ração Verde Brasil I e II não pode ser ig­no­rada. Como, ainda assim, a des­truição da flo­resta tem au­men­tado, é pre­ciso fazer mais”. As in­for­ma­ções são do portal Co­nexão Po­lí­tica.

Avalie post