PF desmonta corrupção em contratos do Dnit no Paraná. Já há prisões, buscas e bloqueios de bens.

Agentes da Polícia Federal (PF) cumprem nesta quinta-feira, dezenas de mandados de busca e apreensão em uma investigação que apura fraudes em contratações e execução de obras públicas no Paraná.A Operação Rolo Compressor tem como alvos servidores públicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e empresas responsáveis pela execução e supervisão de obras contratadas pelo órgão.

 

As investigações, que começaram em 2015, indicam o recebimento de vantagens indevidas em movimentação de dinheiro em espécie e ocultação de patrimônio em nome de terceiros..

Os agentes da Polícia Federal cumprem 26 mandados de busca e apreensão em cinco Estados (Paraná, Mato Grosso, Santa Catarina, Minas Gerais e São Paulo) e no Distrito Federal; um mandado de prisão temporária, além do afastamento de cinco servidores públicos e bloqueio de bens dos investigados

Avalie post