Roberto Barroso faz provocação grave contra Bolsonaro que pode não terminar bem

Nesta quarta-feira, dia 16 de fevereiro, o caderno de política do News Atual, traz matéria sobre o Luís Roberto Barroso que fez graves declarações sobre Bolsonaro. Em uma entrevista para a famigerada Globo News o ministro do Supremo Tribunal Federal duvidou que as Forças Armadas possam estar ao lado do presidente.

Falando o tempo todo em “Golpe” Roberto Barroso disse que as FA não deve querer voltar ao período de regime militar. “Não há como você dar golpe sem apoio de Forças Armadas, e eu duvido que estas pessoas que pagaram um preço caro do período da ditadura militar queiram voltar a um processo como este”. Disse Barroso, e fica uma pergunta: porque o ministro fala tanto em golpe?

Roberto Barroso esquece que Bolsonaro é o atual presidente é lhe trata como “capitão”
Ainda durante a entrevista que mais parecia uma lacração de esquerda, Barroso falou que o Exército não se colocaria a favor do discurso de Bolsonaro. “Eu não acredito que as Forças Armadas se coloquem a serviço de um discurso inaceitável de um capitão.” Declarou Barroso, mas se esquecendo que o Capitão é hoje o Presidente da República, portanto comandante supremo das Forças Armadas.

Por fim, ainda fez uma última declaração como se tivesse certeza que Bolsonaro perderá a eleição. “Trump não aceitou a derrota e ficou por isso mesmo, ele continuou não aceitando e o presidente eleito tomou posse. O MESMO SE PASSARÁ AQUI.” disse o Ministro. Em conclusão, cabe outro questionamento: como Barroso tem tanta certeza disso?

Avalie post