STF dá 48 horas para Anvisa explicar motivos da suspensão da CoronaVac

A suspensão dos estudos clínicos da Coronavac se torna caso de Justiça. Em decisão na noite desta terça-feira, 10, o ministro Ricardo Lewandowski determinou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apresente ao Supremo Tribunal Federal (STF) os detalhes que a fizeram interromper os testes com a vacina contra a covid-19.

Leia mais: TV Cultura afirma que causa da morte de voluntário da vacina CoronaVac foi suicídio

No parecer, Lewandowski dá 48 horas para a Anvisa apresentar seu posicionamento contrário à CoronaVac. Segundo o site do jornal O Globo, o ministro do STF detalhou o que deve conter no relatório a ser apresentado pelo órgão. Ele afirma ser necessário entender os “critérios utilizados para proceder aos estudos e experimentos concernentes” à CoronaVac. O magistrado ainda pontua que será necessário apresentar o estágio de avaliação dessa e outras vacinas que visam o combate ao novo coronavírus.

Avalie post