STJ liberta outro bandido político. Desta vez, foi o ex-senaador Gim Argello

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem, por 3 votos a 1, anular a condenação do ex-senador Gim Argello no âmbito da Operação Lava Jato. A maioria dos ministros seguiu o voto vista do ministro João Otávio de Noronha. Ele entendeu que o foro competente para ter julgado o caso era a Justiça Eleitoral, e não a 13a Vara Federal de Curitiba, onde ele foi condenado. A ação foi anulada por vícios processuais e encaminhada para a Justiça Eleitoral.

 

Gim Argello foi condenado em outubro de 2016, pelo então juiz Sergio Moro, a 19 anos de prisão, pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção passiva e obstrução de Justiça.

Com a anulação da condenação de ontem, Argello recuperou também seus direitos políticos.

CLIQUE AQUI para saber mais detalhes.

Avalie post